USDA Brazil


O United States Department of Agriculture (USDA) – Departamento de Agricultura dos Estados Unidos – está representado no Brasil por três escritórios: o Office of Agricultural Affairs (OAA), Escritório para Assuntos Agrícolas, o Animal and Plant Health Inspection Service (APHIS), Serviço de Inspeção Sanitária e Fitossanitária de Animais e Plantas, ambos localizados na Embaixada dos Estados Unidos em Brasília, e o Agricultural Trade Office (ATO), Escritório de Promoção de Produtos Agroindustriais dos Estados Unidos, instalado no Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo. O OAA é responsável pelo diálogo e estreitamento das relações governamentais entre Brasil e Estados Unidos nas questões relacionadas à agricultura. O APHIS está encarregado dos procedimentos relacionados à inspeção sanitária e fitossanitária de animais e plantas para importação e exportação. Já o ATO tem como missão assessorar empresas norte-americanas exportadoras de alimentos, bebidas e outros produtos agroindustriais a entrar no mercado brasileiro. O ATO também assessora gratuitamente empresas brasileiras que estão à procura de produtos norte-americanos. O escritório disponibiliza sua infraestrutura para que o contato entre empresas exportadoras dos Estados Unidos e importadores do Brasil seja rápido e bem-sucedido.

Entre os serviços que podem ser obtidos sem custo por intermédio dos escritórios brasileiros do USDA estão:

  • Relatórios de Commodities: estimativas periódicas de oferta e demanda de commodities agrícolas, tais como soja, cítricos, café, algodão, açúcar, biocombustíveis, grãos, sementes e pecuária, entre outros, com inúmeras informações sobre o mercado brasileiro.
  • Relatórios Setoriais: destaca dados importantes sobre os vários setores brasileiros de distribuição de alimentos. O USDA Brasil desenvolve esses relatórios e os coloca à disposição de empresas norte-americanas e brasileiras para que tomem conhecimento das necessidades do setor e acompanhem de perto as transformações da indústria distribuidora de alimentos no Brasil.
  • Análises de Produtos: apontam os segmentos de mercado em expansão no Brasil.
  • Oportunidades de Negócios: anualmente, o ATO divulga para o mercado norte-americano eventos e atividades de marketing ligados ao setor agroindustrial que acontecem no Brasil.
  • Feiras nos Estados Unidos: o USDA faz a promoção das principais feiras agroindustriais realizadas no país e, por intermédio do seu staff, assessora importadores brasileiros durante elas. A meta é auxiliar empresas brasileiras a encontrar fornecedores norte-americanos em potencial, estimulando, assim, as relações comerciais entre os Estados Unidos e o Brasil.
  • Viagens Técnicas e Treinamentos: o USDA tem ao seu dispor ferramentas para viabilizar o intercâmbio técnico entre os Estados Unidos e países em desenvolvimento. Identificado algum ponto que possa estar dificultando a evolução de um determinado setor, o USDA pode utilizar um de seus programas. Para mais informações contate-nos.